5 cavernas turísticas no Brasil

Estar dentro de uma caverna é como estar em outro mundo. O Brasil é um país repleto de cavernas, a maioria ainda inexploradas e protegidas em parques nacionais, mas algumas oferecem boa estrutura para visitação, com escadarias, passarelas e iluminação.
Confira 5 das cavernas mais visitadas do Brasil:

Caverna do Diabo – SP

Caverna do Diabo
situada a 280 km de São Paulo, no município de Eldorado, a Caverna do Diabo oferece vistas internas impressionantes com grande riqueza de detalhes em um emaranhado de escadarias e passarelas. A caverna inicia com a entrada do riacho no subsolo, tem 8 mil metros de extensão, onde 800 metros iluminados e liberados à visitação com a presença de um guia.
Leia mais sobre a Caverna do Diabo...

Abismo Anhumas – MS

Abismo Anhumas
O Abismo Anhumas é uma das muitas atrações naturais do município de Bonito, no Mato Grosso do Sul. Se trata de uma caverna em forma de um buraco no solo, onde o único acesso se faz através do rapel negativo com descida de 72m. A profundidade do lago em seu interior varia de 15m a 80m, onde se pratica a flutuação ou mergulho autônomo.
Veja mais sobre o Abismo Anhumas... 

Gruta de Maquiné – MG

Gruta de Maquiné
Localizada no município de Cordisburgo, em Minas Gerais, a Gruta de Maquiné foi descoberta em 1825, possui 7 salões explorados, totalizando 650 metros de extensão e desnível de apenas 18 metros. A gruta tem iluminação e passarelas que possibilitam os turistas fazerem o passeio e vislumbrarem seu interior como o acompanhado de um guia local.

Gruta da Lapinha – MG

Gruta da Lapinha
A Gruta da Lapinha possui 511 metros de extensão e oferece um sistema de iluminação artificial. Oito salões são abertos à visitação e recebem os nomes relacionados às características dos espeleotemas encontrados. Esta gruta apresenta uma atração natural rara que é um conjunto de cortinas denominado candelabros.

Gruta Rei do Mato – MG

Gruta Rei do Mato
Situada a 62 km de Belo Horizonte, a Gruta Rei do Mato tem 998m de extensão dos quais 220m estão abertos à visitação. O desnível chega aos 30 metros, e possui quatro salões com pinturas rupestres que datam de seis mil anos. Suas formações de estalagmite e estalactite, que são cilíndricas com o diâmetro de aproximadamente 12 metros de altura são raras.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...